Everaldo afirma em reunião que Jornada Ampliada foi suspensa, e não cancelada

Prefeito sugeriu criação de comissão para transparecer a situação financeira da educação em Novo Gama.

Por em 19/03/2014 às 12:24

Na tarde da última terça-feira (18), o prefeito de Novo Gama, Everaldo Vidal, se reuniu com o sindicato dos professores (Sinpro-NG), afim, de terminar a greve que completa hoje 8 dias. Vereadores do município e profissionais da Secretaria de Educação também estiveram presentes.

Dezena de professores estiveram presentes. (Foto: Mizael)

Dezena de professores estiveram presentes. (Foto: Mizael)

A principal reivindicação do sindicato, é o fim da Jornada Ampliada. Porém, os professores ainda cobram o cumprimento da última greve, onde, segundo Francisco, presidente do Sinpro-NG, a prefeitura pagaria vales transporte, piso salarial e reformaria o plano de carreira.

De acordo com a prefeitura, a Jornada Ampliada foi suspensa devido à situação financeira, a prefeitura não conseguiu fechar as contas em 2013. Everaldo sugeriu a criação de uma comissão para transparecer as contas.

Prefeito de Novo Gama se reuniu com o sindicato dos professores. (Foto: Mizael)

Prefeito de Novo Gama se reuniu com o sindicato dos professores. (Foto: Mizael)

“Todas as informações que forem necessárias para o desenvolvimento desta comissão ficarão a disposição dos professores, nossa proposta é abrir todas as contas e mostrar a real situação da educação em nosso município. A educação tem problemas financeiros que vem se arrastando há anos.”, disse Everaldo.

Everaldo ainda afirmou que a jornada foi suspensa, e não cancelada. Disse que a criação da comissão, poderá analisar a situação financeira e decidir quais escolas receberão a Jornada Ampliada.

“Em relação à jornada ampliada, ela não foi cancelada, foi suspensa e os professores terão a oportunidade de junto a comissão, identificar qual a quantidade real de escolas que poderão ter a jornada ampliada.”, afirmou o prefeito de Novo Gama.

A prefeitura pretende através da comissão, dá um fim à greve, ao esclarecer e convencer os professores de que não há condições de atender as reivindicações da categoria.

Com informações da Prefeitura de Novo Gama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *