A folha salarial dos governantes municipais de Novo Gama é um dos assuntos mais comentados durante este ano. Primeiro, os gestores ganharam aumento nos salários e, posteriormente, redução nos mesmos. O L1 News vai tentar explicar melhor essa história.

Tudo começou ainda em 2016, quando o projeto de Lei nº 1688/16 foi aprovado na Câmara Municipal dos Vereadores para reajustar os rendimentos da administração 2017 a 2020. Na época o projeto foi reprovado pelo executivo.

Quando seguia para apreciação, o veto foi derrubado pela maioria dos votos e a Lei nº 1589/17 foi aprovada, autorizando o reajuste. De acordo com a promotoria do MP-GO (Ministério Público de Goiás), trata-se de um “processo legislativo viciado, a lei é ilegítima e ilegal, atentando contra o patrimônio público”.

O MP pediu a anulação imediata da lei. Não foi bem o que aconteceu. Ao analisar os dados divulgados no Portal da Transparência, percebe-se que os salários da prefeita, vice-prefeito e secretários continuam maiores do que eram antes do último reajuste. Para resumir: a remuneração de um secretário era R$ 7 mil, aumentou para R$ 12 mil e diminuiu para R$ 10,6 mil (veja a tabela abaixo).

Comparação dos salários do Governo Municipal em 2016 e 2017. Fonte: Portal da Transparência