A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulgou na última quinta-feira (18) estudo com dados coletados no município de Novo Gama. O levantamento aconteceu em 2017. De acordo com a companhia, o “objetivo é compreender melhor áreas de Goiás que fazem trocas relevantes com o DF”.

A pesquisa mostra que 62,96% dos moradores que utilizam saúde pública recorrem ao Distrito Federal. Os hospitais mais procurados são os do Gama (29,69%), no Plano Piloto (20,99%) e em Santa Maria (11,51%). Por Novo Gama não ter hospital, 37,97% nasceram em Brasília, mesmo com a família vivendo na cidade goiana.

Em relação com os dados divulgados em 2013, o comércio em Novo Gama cresceu um pouco e aumentou o número de profissionais empregados no município. Naquela época, 36,9% trabalhavam em Novo Gama, enquanto 59,3% se deslocavam para o Distrito Federal. Atualmente, os números são, respectivamente, 38,7% e 56,6%.

A ocupação da população economicamente ativa (acima dos 10 anos) está distribuída da seguinte forma: 35,69% possuem trabalho remunerado, 14,29% são estudantes, 8,37% são aposentados, 7,84% estão desempregados, 6,74% fazem trabalho doméstico e 1,63% são pensionistas.

O documento revelou que Novo Gama possui 108.883 habitantes. Destes, 50,47% são homens e 49,53% são mulheres. A maior parte tem até 39 anos de idade (61,9%).

Com informações da Codeplan  e Correio Braziliense.