A promotora de Justiça Tarsila Costa Guimarães ingressou com ação civil pública contra a prefeita de Novo Gama, Sônia Chaves de Freitas Carvalho Nascimento, pedindo a exoneração de servidores em cargos comissionados que caracteriza nepotismo.

De acordo com o que o Ministério Público de Goiás (MPGO) apurou, Sônia Chaves nomeou sua sobrinha, Thaize Bezerra Almeira, para o cargo comissionado de presidente e gestora dos recursos do fundo previdenciário do Instituto de Previdência Social do município em fevereiro do ano passado.

Sônia Chaves durante cerimônia de posse para seu terceiro mandato.

A prefeita também nomeou dois cunhados (Joel Araújo Rios e Joice Araújo Rios) do secretário de Habitação, José Santos Ramos, nos meses de janeiro e fevereiro de 2017, para cargos em comissão de assessor técnico da Secretaria Municipal de Habilitação e assessor auxiliar III da Seção de Fiscalização de Transporte Público da Secretaria Municipal de Transporte.

Também foi nomeado o sobrinho da prefeita, Matheus Aguiar Chaves de Freitas, em janeiro de 2017 para o cargo de comissão de diretor da Divisão de Orçamento e Contabilidade da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, tendo a penas o exonerado em 22/5/17.

Ainda de acordo com MP, em duas ocasiões a prefeita Sônia Chaves foi alertada sobre a prática de nepotismo nos casos citados acima.

Com informações do MPGO.